Hidrocele

Hidrocele é um acúmulo de líquido peritoneal entre as camadas parietal e visceral da túnica vaginal que envolve o testículo. Em crianças, a hidrocele deve-se à obliteração incompleta do processo vaginal. Essa hidrocele comunicante permite que o líquido peritoneal passe entre a cavidade peritoneal e as camadas da túnica vaginal. Esse defeito geralmente se normaliza espontaneamente no primeiro ano de vida e não requer terapia específica. Uma hidrocele não-comunicante em um adulto pode significar desequilíbrio nas capacidades de absorção e secreção das camadas da túnica vaginal, similar ao provocado por lesão ou infecção causadora de reação inflamatória.

 

 


 


Quadro clínico
Uma hidrocele aparece como uma tumefação escrotal indolor que pode ser transiluminada. A tumefação pode ser pequena e branda quando o paciente se levanta pela manhã, mas piora durante o dia tornando-se grande e tensa. Os pacientes podem se queixar de volume e peso unilateral. Traumatismo no escroto pode causar hemorragia no saco do hidrocele. O aparecimento de uma nova hidrocele ou uma que apresente hemorragia, após traumatismo menor, pode sinalizar câncer testicular.




 

 


Tratamento
Uma hidrocele que ocorre durante a infância pode resolver-se espontaneamente com o encerramento do processo vaginal. Portanto, o tratamento cirúrgico deve ser adiado até depois do primeiro ano de vida. O tratamento pode ser necessário para hidroceles muito grandes ou que não param de crescer ou no caso de hérnia indiretamente associada. A aspiração do líquido de uma hidrocele comunicante é geralmente malograda devido à conexão patente com o peritônio. Em homens adultos, a aspiração dos fluidos pode ser necessária para que o testículo possa ser apalpado minuciosamente. Um ultra-som escrotal deve ser considerado se o diagnóstico for duvidoso, visto que uma hidrocele reativa pode ocorrer na presença de neoplasma testicular. Os adultos não precisam de terapia para hidrocele, a menos que apareçam complicações como desconforto causado pela massa volumosa ou hidrocele tensa capaz de diminuir a circulação e levar à atrofia. O trauma do escroto pode causar hemorragia com vazamento para o interior do saco do hidrocele.










 

 

 

 

 

 

Map