Como é feito a cirurgia de vasectomia?

Arquivo para download dos meus pacientes: CLIQUE AQUI   - formato word

 

 

 

Essa cirurgia é realizada com a finalidade de realizar a contracepção masculina.


No dia da cirurgia é importante avisar ao seu médico quais são as medicações que você está usando. Não é necessário nenhum preparo para iniciar a cirurgia.


Ao deitar-se na mesa de cirurgia, será colocado um avental e após isso, o paciente deverá despir-se.





Inicialmente faz-se uma limpeza com povidine degermante(um líquido amarronzado e frio) e o urologista, devidamente vestido com capotes, máscara e gorro inicia a limpeza com povidine tópico.


Após colocar os campos operatórios é aplicada a anestesia local, preferencialmente com uma agulha de insulina ou com aplicador de anestésico sob pressão.  O anestésico local adequado e uma concentração correta impedem que o paciente sinta dor, fato que ocorre um minuto após a aplicação da anestesia.


Inicia-se o ato operatório com a realização de um pequeno orifício na  região lateral da bolsa escrotal. Há evidenciação do canal deferente, secção e ligadura do mesmo. Repete-se o procedimento no outro lado(então, um outro pequeno corte- um de cada lado). Dá-se no final, pontos na bolsa excrotal com categute( fio que é absorvido pelo organismo e portanto, não há a necessidade de ser retirados).


Com o fim da cirurgia, em cerca de 15-25 minutos após a anestesia, é confeccionado um curativo. Não existe sensação de dor quando a anestesia termina e sim uma sensação de dolorimento local bem leve.


As principais recomendações são a de fazer repouso, compressa fria local, não molhar o curativo e  só trocá-lo no dia seguinte. Tome um analgésico se necessário.

Pela manhã, retire o curatico delicadamente. Essa é a hora adequada para o banho(lave o local com água e sabonete). Seque o local e cubra os pontos com uma gaze estéril até que o corte torne-se completamente seco.


Nos próximos dias, os pontos irão cair e a cicatrização irá fazer com que tudo volte ao normal.


Após 5 dias da cirurgia o ato sexual estará permitido, mas com proteção. Após 20 ejaculações ou passados 3 meses realiza-se o exame de espermograma.  Com a apresentação desse exame ao médico, o ato sexual sem proteção poderá ser realizado. A partir desse momento a chance de gravidez é nula, pois os espermatozóides estarão presos aos testículos  secundário a obstrução mecânica de seu trajeto normal.


O procedimento total dura em torno de uma hora e um atestado de 5 dias é fornecido ao paciente, assim como o telefone celular do urologista.

De acordo com pesquisas científicas, existe uma melhora da vida sexual após esse procedimento pois o paciente não terá mais a preocupação de ter uma gravidez indesejada.



Leia mais:   Vasectomia melhora a sua vida sexual,   Vasectomia





 





 

 

 

 

 

 

Map