Andropausa

Baixa hormonal masculina por envelhecimento -DAEM

Incialmente iremos definir essa doença, que na literatura médica é conhecida como Diagnóstico dos Distúrbios Androgênicos do Envelhecimento Masculino ou o DAEM.

É sabido que após os 40 anos há uma diminuição da produção do hormônio masculino porém um decrécismo acentuado é considerado patológico e que leva a um conjunto de alterações no organismo de um homem com esse problema.

 

 

 

 

Essas altereções além de não ocorrer em todos os homens, podem ocorrer em leve intensidade, são citadas abaixo:

  • Diminuição da libido(que é o desejo sexual)
  • Disfunção sexual erétil(impotência)
  • Infertilidade do casal
  • Diminuição do testículo
  • Diminuição da massa muscular
  • Diminuição da resistência física levando a fadiga
  • Diminuição da memória
  • Alterações na distribuição da gordura pelo corpo
  • Osteoporose
  • Diminuição da concentração
  • Depressão
  • Perda de pelos pubianos e axilares
  • Ginecomastia(aumento do tamanho dos mamilos)

O urologista está preparado para esse diagnóstico e uma dosagem hormonal completa deve ser realizada para ser feito o diagnóstico do DAEM.

Com os resultados em mão, o urologista deve lançar mão dessa tabela abaixo para diagnosticar e tratar seu paciente visto que o DAEM pode estar presente com os níveis de testosterona na faixa da normalidade.

 


Deve-se ter na mão os resultados da testosterona total, albumina e SHBG.

Valores de testosterona total biodisponíveis abaixo de 90 ou testosterona livre abaixo de 5ng/dl devem ser tradados.

 

 

Os níveis da testosterona(hormônio masculino) ascendem e decrecem durante toda a vida do homem e qualquer homem pode apresentar esses sintomas, principalmente ao final da vida. Deve-se então ter ciência da presença dessa doença e que o primeiro passo a ser dado é a procura de um especialista para assim, realizar o diagnóstico e o tratamento adequado.

 

 

 





 

 

 

 

 

 

Map